domingo, 8 de fevereiro de 2009

Autorretrato


QUEM É ELA





- Flávia Fayet na verdade nasceu Flávia Gonçalves Vieira, em São Gabriel – RS em 15 de Junho de 1979.

- Filha única de Célia Gonçalves Vieira e Flávio Fayet Vieira (falecido). Curiosidade: Anos depois do nascimento foi adotada pela sua tia Olga Fayet (falecida)... Mas essa é uma longa história...


- É “enrolada” há 5 anos com Cláudio Roberto Acosta Barbosa, 33, estudante de Enfermagem e é mãe do Bernardo Fayet Barbosa, de 1 ano e 10 meses.


- Trabalha como Técnica em Enfermagem na maternidade da Santa Casa de Caridade de São Gabriel, já atuando em outros setores como bloco cirúrgico que é sua grande paixão profissional. Um pouco frustrada por não ter concluído a faculdade de Enfermagem, mas logo logo ela termina.

- Em 2005 descobriu por acaso um Câncer Renal, foi submetida à retirada do rim esquerdo em Julho do mesmo ano e ta aí, linda, feliz e um pouco modesta! He he he










" Borboletas sempre voltam... E o seu jardim sou eu..."




Qual é a primeira coisa que pensa ao acordar de manhã? Putz, já? Porque não dormi cedo ontem...

Em que momento do dia é mais feliz? Quando chego do hospital e o Bernardo grita “mamama” e sorri!

Por que motivo chorou a última vez? Saudade

E por que motivo riu? Lendo o auto retrato da Renata Ragagnin

Quem você gostaria de ser se não fosse você mesma? alguma famosa, bonita e muitoooo rica

E onde gostaria de viver? qualquer lugar, mas ao lado do meu filho, meu namorido...

Você tem medo de quê? "virge", tanta coisa

Qual a sua ideia de um domingo perfeito? Existe domingo perfeito? Hehehe ... Mas tá valendo, acordar ao lado do meu amor, ficar de preguiça... Chimarrão, sol e muitas brincadeiras com meu filho

Qual a sua lembrança de infância mais remota? Fugindo do papai noel em Porto Alegre

Que música não sai da sua cabeça? Nossa... São tantas... Mas agora, Borboletas, Vitor & Leo

Qual peça de roupa não entra no seu closet? mini saia

Um hábito do qual não abre mão? Dormir tarde

Um hábito de que você quer se livrar? Dormir tarde

Um gosto inusitado? Papinha de nenê, aquelas de vidrinho, da Nestlé

Um elogio inesquecível. Prefiro guardar só pra mim

Um livro insubstituível. O poder do subconsiente.

Um filme que sempre quer rever. Duets.

Que pecado comete com mais frequência? Gula.

Em que situação vale a pena mentir? Vale mesmo?

Em que situação você perde a elegância?Preconceitos.

Que defeito é mais fácil perdoar. Muitos!

O que você faria se não fosse proibido? Prefiro não dar a ideia

Uma frase " Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente...”


Auto retrato sugerido po Renata Ragagnin, do Esconderijo, baseado na coluna do mesmo nome do Jornal Zero Hora de domingo.

5 comentários:

Renata Miranda Ragagnin disse...

Aeeeee Flavinha!!!
Mas tu viu que agora se escreve autorretrato mesmo? Coisa feia né? Eu hein???? kkkkkkkkkkkkkkkkk

Adorei tuas respostas, gostoso de responder né?

Renata Lopes Costa disse...

Gostoso de ler,
Gostei!
Se der, farei!

Bjão!

Ana disse...

Bacana!!

E aRRuma, aí, Flavinha, antes que a RRenata bRRigue contigo!!

É "autoRRetrato"!! hehehehe!

(Pelo menos agora vou saber UMA palavra corretamente escrita com as novas regras!! Sou lentaaaaa...)

Flávia Fayet disse...

Tá meninas corrigi meus erros! Ainda não me acostumei com a IDEIA ... Hehehe... Mto gostoso de responder isso! Beijos à todas

Beth/Lilás disse...

Legal! Gostei de te conhecer mais.
Bijos cariocas