sábado, 12 de setembro de 2009

Atchá

Ufa, até que enfim Caminho das Índias chegou ao final, que não foi nada auspicioso. Achei que a novela seria bem mais interessante, mas ficou muito a desejar... Are baguandi! Aqueles romances que não emplacaram... os criminosos quase sempre impunes (o que era Yvone sacudindo a cabeleira na "saída" da prisão? ), Opash ficou bonzinho da noite pro dia... Gostei mesmo foi do Tarso (belissima interpretação do Bruno Gagliasso, em todos os capítulos) cantando e apaixonado! ( pq será q gostei dele? será q me identifiquei?) Tik tik!

Abel, o "CC" (corno consciente) ficou babando no sofá enquanto a fogosa Norminha foi arrastar o sari por ai... Essa sim tinha que ser rechaçada! Raul roubou, fingiu - se de morto e acabou indo morar numa cidadezinha do interior (será São Gabriel?). Surya fingiu 9 meses estar grávida de um menino... Mas e o "mala" do marido dela nunca sentiu a barriguinha falsa? E na hora H nasce uma menina! Hahaha.... Tanta coisa sem fundamento!



Tchalô, alguém tem umas rupias pra me dar pra eu ir tomar um chai com o sol da minha vida?


Ao menos aprendi algumas palavras auspiciosas...
.

7 comentários:

Blog do Óbvio disse...

Flávia, dei um passeio pelo seu blog e achei uma graça. Nem vou seguí-lo. Vou perseguí-lo. Encontrei você fazendo um comentário no blog Mãe Gaia, da amiga Beth. Um grande abraço e um ótimo fim-de-semana. Agora não tem mais Tik Tik, hehehe! Então dá para ficar um pouco mais nos blogs, né? Vou olhar mais o blog e depois comento. Beijos. Manoel.

Beth/Lilás disse...

Flávia querida,
Tem toda razão, a novela deixou muitos buracos, muita coisa não bem resolvida, muito absurdo até, como foi ontem aquela da tal mocinha ser achada, sem mais nem menos por um produtos de Hollywood, faça-me o favor, quanta baboseira!
Mas, se formos ver por um outro lado, novela é também divertimento e quanto a isso ela foi boa, pois dei muitas gargalhadas neste horário com alguns personagens, principalmente do tal guru que era um trapalhão e com aquela galera da Índia, cheia de superstições.
Agora, uma cena foi fantástica, real e emocionante, ou seja, aquela em que o ator Lima Duarte e Tony Ramos se despedem para que ele vá para sua vida de entrega espiritual, como os tais homens santos que percorrem a Índia. Achei tremendamente verossímel e fiquei até emocionada com aquilo, pois não é fácil despojarmo-nos dos nossos bens, das coisas que juntamos toda a vida e das pessoas amadas.
No mais, digo-lhe sinceramente que prefiro novelas assim, que mostram, mesmo fantasiosamente até, as culturas de outros povos e fazem algum apelo social como foi o caso do Tarso com sua loucura, do que estas que só exploram sexo, violència, favelas, traicões, induzem ao homossexualismo e outras baboseiras.
Are baba, graças a Deus cheou ao fim!
beijos cariocas

Juh Cimiano disse...

Arebaba!!!
Realmente, bem sem graça esse fim da novela!!!
E na hora da Maya com o Raj, afff ficou a desejar, sem graça!!!

bj
boa noite

Solange Maia disse...

Ah... Flávia...

Estou aqui, te lendo e começando um domingo ensolarado dando risada...

Arebaba !

Beijão

Renata Lopes Costa disse...

Are baba...não gostei do final não, hein? Mas como no final normalmente dá tudo certo...essa não fugiu à regra. Já viu final de novela bom? Difícil...

Beijo!

Mi disse...

Are baba realmente deixou muitoooo a desejar...personagens que ficaram no ar...sem fim....sem motivo pra estarem ali....o que foi aquilo da Maya ir andando e trocar de roupa de uma hora pra outra...e como ela viu o filho e não correu pra abraçar...sei lá...ela nem sabia que ele não tia ido para o brasil...90 minutos de uma novela que todos esperavam um pouco mais...mais a cena do Tarso emocionou...eu gostei...mas o resto sei lá...novela é assim mesmo...nunca se sabe o que esperar...Tik....

gabriela disse...

Adorei!!! Namastê, amiga!!!!

Bjs