terça-feira, 17 de novembro de 2009

Quem sou eu?


Depende da história que vc vai escrever do meu lado...
Ela pode aflorar o meu lado melhor ou não...
Eu posso ser doce, meiga, sensível, compreensiva e trazer comigo muitas qualidades maravilhosas e mostrar o meu melhor... Mas dependendo da história que escrevermos juntos eu posso ser insensível, intolerante, impaciente e mostrar um lado pior... Ninguém é totalmente bom e nem totalmente ruim... Cada pessoa nos vê de forma diversa... Aquelas que mais nos amam por certo souberam tocar nossa alma de forma positiva... Eu sou o que sou e não o que pensam de mim... Mas com certeza eu sou algo que alguém contribuiu pra que eu fosse... Somos um todo e sempre nos formamos de acordo com as pessoas que convivemos... Por isso não existe totalidade nas pessoas... Agradamos a uns e não a outros... Você pode me ver como eu não me vejo... Assim como eu posso ver você como vc não se vê...Verdade absoluta? Quem ousa dizer que sabe???!!! Eu não sei e nem pretendo saber..E existe? Creio que não! To me descobrindo todos os dias... E assim vai ser sempre... Acho que gosto do jeito que me vejo... bom pra mim não? Se você não gosta quem sabe tenta se colocar no meu lugar... Aliás quem sabe se colocando no lugar do outro a gente entenda melhor as diferenças... Sou diferente de vc , mas posso ser bem parecida com vc... Teoria dos opostos se atraem não faz parte da minha verdade... Pra mim os semelhantes se atraem... o diferente te deixa curioso, mas não te faz mudar o que você é...

.

5 comentários:

Beth/Lilás disse...

Flávia, neste teu desabafo percebo muita coisa boa e achei ótima esta definição de "os semelhantes se atraem..."
umbeijão carioca

carol sakurá disse...

Bom dia,Flávia!
Nunca havia parado pra pensar que os semelhantes se atraem.
Estou refletindo...
Beijos!

Carol Sakurá

Luciana Klopper disse...

è vc foi inusitada ao dizer ao contrário do que sempre ouvimos dizer..os semelhantes se atraem..concordo plenamente com vc!
Flavia, eu te adicionei no orkut sim..será o que ta acontecendo? vou lá de novo

Lúcia Soares disse...

Oi, Flávia.
Lindo texto,vale a pena você juntar tudo que escreve e fazer um livro de crônicas, já pensou nisso?
Seus questionamentos são o de muita gente pois refletem os pensamentos de uma pessoa gentil, bondosa,preocupada em ser sempre melhor. Você não parece, de jeito nenhum ser rancorosa, como diz seu perfil.
Antes,me parece alguém angustiada por esse mundo ser tão louco, incoerente,brutal...Mas tem uma vida boa, abençoada por um filho lindo e um amor verdadeiro.
(Me vejo muito em você...)
Bj

Alline disse...

Identificação total! Me achei aqui e ali.
Sou muitas ao mesmo tempo, sou humor, sou acidez, sou sorriso e também cara feia. As descobertas nunca acabam.

Beeeeijo, Flávia!