quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Nunca sei o que dar de presente


Tenho vivido dias angustiantes à procura de presentes de Natal, amigo secreto e aniversários! Desde o final de Novembro tenho tido várias festas (oba oba), essa semana não tenho uma folga, todas as noites têm sido preenchidas por encontros super agradáveis, com pessoas especiais e queridas. Haja criatividade e dinheiro para tanto presente! Sempre fico na maior dúvida na hora de comprar, acho que as pessoas nunca vão gostar, que não vai ser útil, se for roupa fico com medo de errar o tamanho... Tem presentes que são decepcionantes mesmo e eu muito indiscreta, acho que às vezes não consigo disfarçar quando não gosto. Lembro que quando era criança (alguns poucos anos atrás... hehehe) detestava ganhar presentes repetidos e fazia cara feia! Uma vez ganhei 3 porta jóias iguais em questões de minutos e cá entre nós, horríveis...

Hoje à tarde tinha 3 presentes para comprar, voltei para casa só com um porque não consegui decidir os outros dois! Isso que são pessoas que conheço muito bem, sei do que gostam ou não, mas a dúvida ainda me assombra só de pensar que amanhã cedo tenho que pular da cama e sair novamente a procura das "lembrancinhas"... To aqui colocando meus N neurônios a funcionar e ver se imagino o que comprar! Brincos? Blusinha? DVD? Agenda? Sabonetes? Camisa? Perfume? Pano de prato? Hahaha... Ah não pano de prato não! O legítimo presente de grego! E essas pessoas que serão presenteadas por mim não deram nenhuma dica do que querem ganhar! Puxa vida, facilitem minha vida!

Não gosto muito de dar "presentes para casa", acho muito pessoal, no máximo um porta-retrato... Lingeries também não estão na minha lista de presentes, uma vez presenciei uma troca de amigo secreto que tinha vontade de sair correndo e me atirar no chão de tanto rir! Uma ex colega super recatada, puritana e quase solteirona (nada contra)ganhou um conjunto de lingerie de oncinhas! Nossa, nunca deve ter usado aquilo! Já outra coitada ganhou um lenço, tipo echarpe, pashmina à lá Jade de o Clone (lembram?), a cor era terrível e não tinha nada a ver com ela! Mas o pior do amigo secreto é quando compramos algo bem legal, a pessoa adora e nós não ganhamos nada, pois de última hora a pessoa tem um imprevisto e não comparece na troca de presentes e se faz de esquecida! Já vi isso acontecer e acho péssimo!


Bom, vou deitar a cabeça no travesseiro e ver se recebo uma luz para facilitar minhas compras de amanhã!

6 comentários:

Renata Miranda Ragagnin disse...

Escrevi sobre isso há algum tempo e é coisa muito horríver mesmo...

Aliás, o título era o mesmo... Hahahahahaha
Beijão!

Flávia Fayet disse...

Será q t plagiei? Hahaha

Beth/Lilás disse...

Menina, eu até gostar de compras e escolher presentinhos, mas fora dessa época. O tumulto é grande e as pessoas parecem baratas voadoras nas grandes lojas.
Por aqui onde moro, costumam fazer nesta época feirinhas lindas de artesanatos e é prá lá que vou hoje com minha mãe. Tem uma que será feita dentro do Estádio de Futebol daqui, imagina quanta coisa deve ter e ao ar livre. Bem melhor assim, não!

Se aceita uma dica para presente, para uma pessoa bacana de bom gosto e que vc queira muito, compre o DVD "Vivere Live in Tuscany" com Andrea Bocelli.
Já comprei 3 para dar de presente a pessoas especiais que sei que vão adorar assim como eu adorei quando vi pela primeira vez.

Na Lojas Americans por 24,90 apenas.

Eita, tô parecendo a mulher da C.Bahia fazendo propaganda barata! kkkkkk
bjs cariocas

Renata Lopes Costa disse...

Realmente é muito difícil agradar e eu particularmente não tenho o menor saco para procurar assim como tu, ai não...já vou logo me estressando se não acho alguma coisa interessante que agrade e que ao mesmo tempo cse encaixo no meu bolso!!

Renata Lopes Costa disse...

Ih...escrevi tudo errado. Um C a mais e não é encaixo e sim encaixe!! Nisso que dá ficar até essa hora na internet!

Ana disse...

Bah! Nem me fala...
Quando as crianças eram pequenas era fácil: muita quantidade, muitos pacotes, muita coisa para eles abrirem (mesmo que fosse tudo muito baratinho! Importava era o número!)
Agora tá complicado...
Juro que não vou deixar para última hora, mas...