quarta-feira, 24 de março de 2010

Lugar de livro é no... LIXO?



Um lote com 12 mil livros foi parar no lixão da cidade de Iporá, no interior de Goiás. A descoberta foi feita nesta segunda-feria através de uma denúncia que apontou que o material foi transportado por dois caminhões da prefeitura de Iporá. Livros didáticos, material produzido pelo Instituto Aytron Senna para alfabetização de crianças e dicionários em vez de estar nas mãos de professores e alunos, o material foi parar no lixo! Que vergonha!!!

Segundo a Secretaria de Educação do Estado, o material não era mais utilizado! Da pra acreditar nessa? Inúmeros livros tem edição de 2008, e são considerados velhos! Hãããã???

Quantas escolas seriam beneficiadas com essa biblioteca desperdiçada? Quantas crianças aprenderiam um pouco ou muitooooo com esses livros "vencidos"??? Talvez achem em alguma folha perdida de um desses dicionários atirados no meio do lixão o significado para a palavra INDIGNAÇÃO! É o que resume o que sinto...

A educação do nosso País vai de mal a pior, e com um exemplo desses... Livro no lixo é o fim!
.

8 comentários:

Beth/Lilás disse...

Menina, eu vi isso hoje no JN e também tive a mesma reação que você!
Indignação e vergonha é o que sinto cada vez mais diante de tanta ignorância neste país!
Mas falar o quê de um povo que tem um presidente que não gosta de ler, que diz que dá sono quando pega um livro nas mãos, que diz que nunca leu um livro até o final?!
Estas coisas deixam meu coração muito amargurado, sabia!
bjs cariocas

Alline disse...

É só você olhar para quem está na presidência e saberá o porquê disso. Definitivamente a educação não é prioridade neste governo.

Beeeijo

carol sakurá disse...

Lixo,exatamente a palavra para significar esta atitude.
beijos!

Déia disse...

Absurdo!
Lixo é esse país que vivemos!
Onde educação não é importante!
Indignada e perdendo as esperanças!

bj

Ana disse...

A gente pensa que já viu tudo!

Mas eu fico pensando que alguém foi responsável por isso, independente da função ou do órgão em que trabalha. Então precisamos mudar a mentalidade das pessoas, tocar seus corações...
É muita desumanidade, insensibilidade de quem ocupa cargos tão importantes!

wcastanheira disse...

Um belo enfoque adorei seu texto, muito embora ache lamentável o ocorrido seria ótimo se tivesse ocorrido tal fato, valeu é muito importante destacar estas coisas, ´pra vc bjos, bjos e bjosssssss

Lúcia Soares disse...

Um despreparo de quem o fêz. Até o condutor do caminhão que levou para o lixo podia ter se mobilizado...parado em uma rua...oferecido os livros...se recusado a levá-los....enfim, nada que envolva o presidente...Não sou lulista mas não entendi onde ele entrou nessa história...rsrsrsr
O que sei, Flávia, é que já assisti a um filme em que houve algo parecido, livros sendo queimados às pilhas...Há que haver uma punição contra quem deu a ordem do despejo. E muita divulgação, não só o fato do dia e pronto. Mais gente fazer como você, e nunca se perder a indignação.

ॐ Camila Anastasi disse...

Flavia, se voce visita meu blog sempre, saberá como essas coisas me envergonham...
De coraçao!
Isso é horrivel, hoje, ser uma estranha em um pais, sei muitissimo bem a importancia de um dicionario, eu nao vou a lugar nenhum sem o meu.
Se escolas dessa regiao nao quiserem como doaçao, porque este municipio nao duou ao resto do pais?
Em sao paulo existe varias escolas que aceitariam nao só os dicionarios como os livros, e outra, se nem eles quisessem, que publicassem na internet.
Descobri esses dias que pessoas trocam coisas por outras via internet... fico horrorizada com esse tipo de comportamento humano!