domingo, 26 de outubro de 2008

Eu só quero amar...



Um grande amor é aquele que não faz seu coração parar no primeiro olhar, e sim acelerar a ponto de parecer que não irá mais caber em seu corpo.

Um grande amor é aquele que faz você se sentir especial, mas no fundo não tão boa o suficiente para ele.
.Um grande amor é aquele que você tem medo e a insegurança de o perder, pois você não se enxerga sem ele.

Um grande amor é aquele que te mata de saudades. Que faz você se sentir sufocada e presa a uma agonia terrível só pelo fato de não se verem a alguns instantes.
Um grande amor é aquele que te faz possessiva. Você não o quer dividir com ninguém. Isso porque, dividindo voce terá que abrir mão dos pequenos instantes que passa ao lado dele, afinal por mais tempo que fiquem juntos, nunca será o suficiente.

Um grande amor é aquele que voce sente raiva nos momentos de briga, mas essa raiva nunca predomina o amor. Basta você lembrar do sorriso da pessoa amada, que parece que involuntariamente você começa a sorrir.

Um grande amor é aquele que faz nossos olhos se encherem de água só de cogitar um adeus.

Um grande amor é aquele que sequestra nossos pensamentos.

Um grande amor é aquele pode não ser perfeito, mas aos nossos olhos ele nao apresenta nenhum defeito. Ele é lindo do seu próprio jeito e ninguém se compara a ele.

Um grande amor é aquele que se o machucam, você se sente ferida por tabela. O defende com toda a garra, pois ninguém no mundo parece ser mais importante.

Um grande amor é aquele que te faz ir contra sua familia, amigos, colegas ... Você enfrenta o inferno por ele, pois ele é o único que te faz chegar no céu.

Um grande amor é um coisa única que sentimos no coração. Uma mistura de aperto, sufoco, alegria, tristeza e forte pulsação. Não sei quantos grandes amores podemos ter na vida. Não sei se grandes amores podem ser substituídos. Não sei se grandes amores são eternos somente enquanto duram. Mas, a sensação que esse grande amor te faz sentir é única. E você sempre a guardará em seu coração, como uma ilusão ou não.


****************************************************************************


Depois de 15 dias longe do meu grande amor nos reencontramos ontem, a saudade já não cabia mais dentro de mim! E por isso não tive tempo nem de escrever... Se vc veio aqui pensando em ler algo interessante, um texto novo, peço desculpas, mas sei que vcs vão me entender, afinal de contas quem nunca sentiu saudades e como já disse num texto anterior a melhor parte da saudade é matá-la!!! Então, com licença que vou aproveitar todo o tempo que puder com meu amor!




Bom restinho de domingo p/todos!!!

4 comentários:

Ana disse...

Ok! O motivo é plenamente justificado!
Curte teu amor!!

Flávia Fayet disse...

Justo, justíssimo!!! He he he!!!

Lélia disse...

Linda essa mensagem sobre o amor,só quem amou de verdade sabe o quanto esse sentimento transforma a vida da gente e com é bom estar apaixonado...O quanto faz bem estar amando...Parabéns pelo teu blog tá LINDO!!!!Beijo.

Renata Miranda Ragagnin disse...

Oi Flávia!!!! Enfim consegui ler teu blog!!! Adorei!
Parabéns por descobrir que escrever o que sentimos é bom demais da conta sô!

Beijão!!!