quinta-feira, 6 de novembro de 2008

A bunda dura


Tenho horror a mulher perfeitinha. Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário? E, só pra piorar, tem a bunda dura?! Pois então, mulheres assim são um porre. Pior: são brochantes. Sou louco? Então ta, mas posso provar a minha tese. Quer ver?

a - ESCOVA TODA MANHÃ: A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar-se no Padrão "Alisabel é que é legal". Burra.

b - NA MODA: Estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS. O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar"desarrumada" nem enquanto tiver transando. É capaz até de fazer pose em busca do melhor ângulo perante o espelho do quarto. Credo.

c - SORRISO INCESSANTE: Ela mora na vila do Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipática com orgulho - só sorrio para quem provoca meu sorriso. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro. Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás ela nem sabe o que a palavra significa, coitada.

d - BUNDA DURA: As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônicos (isso quando não enfiam o dedo na garganta pra se livrar das 2 calorias que ingeriram), portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão. Bebida dá barriga e ela tem HORROR a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você. Cerveja? Esquece! Melhor convidar o Jorjão.Pois é, ela é um tesão. Mas não curte sexo porque desglamouriza, se veste feito um manequim de vitrine do Iguatemi, acha inadmissível você apalpar a bunda dela em público, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a seqüência de bíceps e tríceps.

Que beleza de mulher. E você reparou naquela bunda? Meu Deus... Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira de bebedeira. Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas adora sexo. Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema). Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade. Nem pra dela, nem pra sua.
Arnaldo Jabor


Adoro essa crônica do Jabor, concordo em gênero, número e grau! Antes que vocês pensem, não é inveja nem dor de cotovelo, mas deve ser muito chato ser uma mulher dessas que ele abomina! A única coisa que acho interessante seria ter esse cabelo de propaganda de alisabel, pois o meu me odeia! Seria muito feliz se acordasse todas as manhãs com meu cabelo cheiroso, liso e brilhoso, mas não adianta, e olha que já fiz de tudo (de repente seja isso o problema)!
Não acredito que esses sorrisos incessantes que certas pessoas teimam em exibir 24 h sejam verdadeiros! Pra que tanta simpatia? De onde vem tanta felicidade? Desculpe-me se você for assim, efusivo, mas não entendo e muito menos acredito nessa felicidade plena! Não acredito que não tenha ao menos um problema, que em sequer um minuto do seu dia não vai fazer com que esse sorriso de lugar a rugas de preocupação, no mínimo... Até gosto da minha antipatia, impõe certo respeito...
E a bunda dura? Tá, tudo bem, a minha não é lá essas coisas, mas até que ainda está bem bonitinha! Hehehe. Não abro mão de comer uns pasteizinhos com uma cervejinha gelada, muito menos tomar um vinho na companhia do meu amor só porque vou contribuir para a propagação das minhas celulites e aumentar o calibre dos meus pneuzinhos! A minha felicidade não está em entrar numa calça 38, mas sim em estar ao lado de quem eu amo e me aceita como sou! Seria hipocrisia dizer que sou feliz assim, claro que não sou, mas nem por isso - estar com uns kilinhos a mais - vou me trancar dentro de casa e abandonar o que gosto de fazer... Ou pior, comer até quase explodir e depois colocar tudo pra fora num vaso sanitário, forçando o vômito! Um dia eu tomo jeito, do meu jeito...
Meu humor oscila demais, mas nem por isso sou uma pessoa mal humorada, apenas tenho problemas como todo mundo! E haja fluoxetina!!!
Tenho celulite sim, mau humor às vezes, me entendo na minha bagunça organizada...Sou mulher de verdade e é isso que me faz bem, que me faz sorrir, mesmo que não seja um sorriso sem fim... E quanto ao sexo, quem não gosta? Com certeza minha companhia é bem mais agradável do que a do Jorjão!

5 comentários:

Beth/Lilás disse...

Oi, Flávia!
Muito bom esse texto mesmo!
Não aguento quando vejo a mulherada tentando ficar igual aquelas das novelas. Elas se esquecem que tem um cabeleireiro do lado delas para retocar a cada cena, tanto é que os cabelos de atrizes são todos arrumadinhos, até quando brigam nas cenas.
Também sou ciente dessa minha realidade e tento ser feliz ao meu jeito.
beijos cariocas


ps: indiquei teu blog lá no meu pedaço, dá uma olhadinha.

Liziane Dotto disse...

eu adoraria manter a bunda dura e o cérebro bem marombado!!! é difícil!!!

Renata disse...

Oi Flavia...
Escrevi milhoes de coisas aqui e na hora de submit, deu erro!!! Ai como eu ADORO esse WINDOWS!!!!!!!!
kkkkkk
fazer o que neh?
mas entao... to vindo lah do blog da Beth... Adorei e voltarei mais vezes...
Ateh mais!
Beijinhos

Michelle Dangeli disse...

Flávia concordo com vc, geralmente pessoas que teimam em manter sorriso nos lábio 24 hrs na esperança de se sobressair frente às outras pessoas não me enganam. não existe gente tão feliz, tão perfeitinha. O famoso lobo em pele de cordeiro.

Fran disse...

Excelente texto, Arnaldo Jabor realmente é o MÁXIMO, tenho um texto dele cujo tema é: Barriga é Barriga, ótimo tb se tiver oportunidade posso lhe passar, vc irá gostar, já percebi pelo seu estilo que é demais parecido com o meu!!!!
Bjjs,
Fran.