sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Quantos números!


Fui entrar em um dos meus 5 endereços de e-mail e simplesmente não lembrei a senha. Putz, será a idade? Pode ser, os cabelos brancos apontando, o stress... Mas também é tanta senha que temos que guardar, tantos números que não há cabeça que consiga lembrar tudo! Senha para e-mail são 5, blog mais uma, orkut outra, msn, tá é a mesma do e-mail, mas de qual? Humm, deixa eu ver... Ah tá... aquele... E a senha do PC? Tirei, antes que bloqueasse e ficasse sem acesso ao mundo! Deusolivre! Senhas do banco? Das minhas contas, da mãe, da tia... números e 3 Letras... Cartão de crédito outra senha, não pode ser a mesma da conta corrente, só pra complicar minha vidinha complicada! Celular? O meu number eu sei porque fazem uns 6 anos que mantenho o mesmo, só troco o aparelho e ele continua... Agora aderi a outra operadora, são 2 aparelhos, eu e o Juvenal Antena, um em cada bolso, hahaha, mas não sei o número! Tirando os números da BM, bombeiros, mãe, amor e alguns outros de muitissima utilidade, não sei nada de cor! Ah se não fosse a boa e velha agenda! Desde que nascemos somos rodeados por números, são n semanas de gestação, fulaninho nasceu com nnnn kg, nn cm, ele a mamãe estavam no quarto 715 da maternidade, ah, e é claro q nasceu no dia n.nn.nnnn. Quantos números, quanta informação para uma criança que mal acaba de ver o mundo! Ai o bebê vai para sua casa na Rua das Flores n° nnn apto nnn e vai descansar no seu quarto todo decorado com bichinhos e na TV a mamãe coloca o dvd da Xuxa já para ele ir se familiarizando com a rainha dos baixinhos! E o que toca? Cinco patinhos foram passear além das montanhas... Mas só 4 patinhos voltaram de lá... E o fim da história vcs já sabem né? Na escola aprendemos a chamar os coleguinhas pelo nome, mas na "chamada" cada um tem o seu número, o meu era sempre 13 ou 14. Já na faculdade até gostava de ter um número, ou melhor, era uma série, da matrícula, vários números nnnnnnnnnn, ai ninguém ficava dando fé nas notas de ninguém, não que eu tenha que me envergonhar das minhas, eram bem boas modéstia parte! E os anos passam e os números aumentam, na idade, no peso...
E no nosso dia a dia quantos outros números nos são ofertados! É senha de fila de banco, senha da fila do correio, número do cliente para atendimento online do serviço de energia elétrica, número do protocolotal para serviço de operadora de celular... Sem contar que temos que saber o número do sapato do filho, do marido, número da minha calça jeans, ai chego na loja e a super simpática atendente diz que a 42 não vai servir, ah que raiva! Posso experimentar ao menos? Ah, e antes que me critiquem, uma das maiores "divas" do cinema, Marylin Monrooe, vestia 44. Bem cheinha né?
E quando estamos quase dando o último suspiro no leito n° n da CTI, não da pra esquecer de avisar a família do número sepultura já previamente comprada.
E se não me engano estamos na 47° post! Hehehe


Mas antes disso tem uns numerozinhos que quero acertar, os da Mega Sena ! Hahaha

3 comentários:

Karen disse...

Um elefante incoda muita gente

Dois elefantes incomodam, incomodam muito mais.

Três elefantes incomodam, incomodam, incomodam muito mais.

Quatro elefantes, cinco elefantes.
... Brincadeirinha heim
Números, números e números...
A matemática faz parte da nossa vida.Iniciando no nascimento, temos uma data,dia mês e ano, somos pesados, medidos e aí continua a matemática no nosso cotidiano, ela nos acompanha em muitos aspectos de nossa vida. E no meu caso amiga ainda me formei em matemática hehehehe.O conceito de número na sua forma mais simples é claramente abstrata e intuitiva; entretanto, foi objeto de estudo de diversos pensadores. Pitágoras, por exemplo, considerava o número a essência e o princípio de todas as coisas; para Schopenhauer o conceito numérico apresenta-se "como a ciência do tempo puro".
Adorei teu texto e concordo contigo são muitas senhaaaaaaaasssssssss!! SOCORRO!!!! Haja memória heim.
Teu Blog está maravilhoso!!!
Grande beijo e um ótimo findi!!

Renata Lopes Costa disse...

Tem razão, somos movidos por eles, entretanto, eu tenho muita facilidade em guarda-lós. Até as placa de carro eu faço uma ligação com a pessoa...sério! Adoro trabalhar com eles.

Beth/Lilás disse...

Ah, pois eu faço o seguinte; alguns anoto em uma agendinha especial, outros já deletei solenemente.
Não dá prá guardar arquivo velho, deleto mesmo!
Assim é a vida hoje em dia - números e senhas! Blergh!