sábado, 15 de novembro de 2008

Festa à fantasia





Ultimamente as festas à fantasia estão super na moda, não sei ai onde você mora, mas aqui na minha cidade só da carnaval o ano todo! É fantasia pra comemorar 15 anos, é fantasia pra comemorar bodas, fantasia pra festinha de criança, fantasia pra niver de adulto... Nunca fui a uma, embora já tenha me fantasiado muito nessa vida! Amoooo carnaval, quando criança então não perdia um baile infantil, cada dia com uma fantasia diferente! Já fui bailarina (em vários atos!), cigana, odalisca, índia, colombina... Outra vez, numa festa de recepção dos “bixos” do 2°grau fui escolhida para ir vestida de She-Ra! Socorro! Não sei de onde tirei coragem! Bota branca até o joelho, capa vermelha (passei a mão num lençol da mamãe) e outros acessórios da heroína! Claro, de espada na mão! Mico pouco é bobagem! Ainda bem que naquela época não era tão chegada a clicar todos os meus momentos senão deusolivre! Tava perdida! E numa peça teatral da escola que tive o rosto pintado com carvão para interpretar o “Negrinho da sanga funda”, para quem não é aqui do sul, é mais uma das nossas lendas, pra ser mais precisa, essa é aqui de São Gabriel mesmo... Até merecia uma foto, devia estar linda a Flávia negrinha...
Gosto de ver a criatividade das pessoas e também como tem gente sem noção, sem senso do ridículo. Imagine eu, gordinha, dentro de um macacão de mulher gato, igual àquele que a Ivete usa em seus shows ou então de havaiana? Barriga de fora e tudo mais à mostra! Nem se eu fosse a rainha da auto-estima, não dá! Fora outras fantasias que acho “batidas” de mais, como a de enfermeira, vivo de roupa branca e estetoscópio no pescoço, na hora da festa quero mais é esquecer o hospital e nada de jalecos e chapeuzinho com uma cruz vermelha! E aquelas moças que colocam tudo que é biju que encontram pela frente, sombra roxa, batom encarnado e bolsinha na mão, micro-saia menor que o top e se passam por prostitutas? Faz tempo que as garotas de programas andam muito bem vestidas, e disfarçadas, melhor do que muita "patricinha"que quer bancar a santinha!
Adoro aquelas fantasias bem originais, como vi um rapaz vestido de homem de lata (personagem do Mágico de OZ) e outro, dentro de um colchão, só com o rosto de fora, espertinho o rapaz, né? O Bernardo já pulou seu primeiro carnaval, meu pirata! Coisa mais linda! Ainda estou em dúvida qual será sua próxima fantasia, talvez homem-aranha ou batman. Mas e eu, vou de quê? Freira, diabinha, nega – maluca, policial...
São algumas das opções que me chamam atenção.

Só não vou de máscara, pois as máscaras sempre caem!

Por enquanto vou colocar meu pijama de bolinhas e sonhar com meu super-homem que está quase chegando, depois de semanas longe!

Bom findi p/todos!!!

4 comentários:

Renata Lopes Costa disse...

Olhaaa como ela está inspiradaa...cuidado com esse super-homem, olha que ele é capaz de te presentear com uma cinderela, parceira pro batmam!!heheh...que bom que está chegandooo, tão boooommmm!! Aproveita que é MARA e isso POOODII!!

Renata Lopes Costa disse...

Que bobagem essa história do POODDII, mas peguei!

Renata Miranda Ragagnin disse...

Olha... Eu acho muito legal festa a fantasia, mas a única que eu fui depois de adulta só coloquei uma tiara de diabinha porque tinha certeza que iria chegar lá e meia dúzia de pessoas estariam fantasiados e o resto com roupa normal. Não deu outra... Se eu tivesse caprichado na fantasia tinha pagado um mico. Coisa chata quem não leva à serio o traje da festa! Mas de qualquer forma a gente se diverte de qualquer jeito.
beijão!

Beth/Lilás disse...

Você nem vai acreditar que hoje eu teria um Baile de Máscaras lá na minha montanha (Petrópolis)!
Será uma das comemorações ao VIII Petrópolis Gourmet com um jantar inspirado no cardápio da Corte Portuguesa e eleaborado por um daqueles chefs fantásticos.
O Baile é dentro do Palácio de Cristal que é uma coisa linda.
Não fui!
Buáaaaaaaá!
Mas veja só quanto custa por pessoa: 200 paus!
Ora, mais caro que o show da Madonna aqui no Rio e eu achei um absurdo, por isso não fui!
Além do gasto com o jantar ainda teria a bendita fantasia e a máscara. Faça idéia em quanto não ficaria a brincadeira!
Mas, tô aqui pensando como não deve estar bacana este evento.

Quanto a você, cara amiga, enfie-se no seu melhor baby-doll e divirta-se com o seu He-Man. haha

beijão carioca